As cozinhas compartilhadas são os caldeirões perfeitos para a colaboração e oferecem uma série de benefícios compartilhados aos seus membros. Mas compartilhar um espaço vem com considerações de segurança adicionais, e isso é especialmente verdadeiro se você conceder acesso 24 horas por dia, 7 dias por semana aos inquilinos.

Você já deve ter um Manual de Operações  em vigor, que detalha suas medidas de segurança para proteger os pertences de seus inquilinos e garantir sua segurança. Isso é essencial como medida preventiva, mas também funciona como um manual para lidar com as situações à medida que elas surgem. 

Mas quais são as outras considerações importantes para manter sua cozinha compartilhada segura e protegida? Continue lendo para ver as mais recentes tecnologias de segurança, práticas recomendadas, dicas e truques para dar a você aquela tranquilidade tão importante.

A Importância de Investir em Segurança Adequada

A segurança afeta todos os aspectos do seu negócio. É vital que seus inquilinos se sintam seguros em seu espaço. Eles não serão capazes de prosperar sem ter confiança e garantia de que suas ações e a propriedade intelectual vital de seus negócios estão seguras e protegidas.

Uma instalação segura também é essencial do ponto de vista da segurança alimentar. Se você não sabe quem está entrando e saindo da cozinha, não pode ter certeza do que está entrando na comida. Se as geladeiras e lojas secas não forem seguras, vermes ou agentes mal-intencionados podem estar entrando. 

Ter um sistema confiável de entrada e rastreamento no local lhe dá tranquilidade e também pode melhorar muito sua eficiência. Ser capaz de monitorar e gerenciar os movimentos dos inquilinos remotamente significa que você pode ser menos prático e concentrar seu valioso tempo em outras áreas do negócio.

No geral, a segurança da sua cozinha é uma dessas despesas essenciais. Pode parecer difícil lidar com o desembolso inicial, mas você ficará muito feliz se algo der errado. Com isso em mente, aqui estão nossas principais dicas e considerações importantes para deixar sua cozinha compartilhada segura e protegida.

Dicas para manter sua cozinha compartilhada segura e protegida

Depósitos de segurança obrigatórios

Um erro comum que os operadores de cozinhas compartilhadas cometem é serem muito tolerantes ao fazer um depósito de segurança. Não importa quão bom seja seu relacionamento com um inquilino, você está administrando um negócio e precisa se proteger. 

Faça um depósito de segurança obrigatório durante a vigência da associação para garantir que você esteja coberto se eles se comportarem mal ou de repente decidirem cancelar sem aviso prévio. Você nunca sabe se um inquilino vai ser um pesadelo para gerenciar e um depósito de segurança lhe dá um pouco de paz de espírito para o caso. 

Você também pode optar por implementar um depósito de limpeza ou depósito de chaves, dependendo da sua situação, ou manter um depósito de segurança geral para cobrir todas as eventualidades.

Obter seguro

Pode ser difícil obter um seguro abrangente para os operadores de cozinha compartilhada devido à natureza do negócio e aos riscos envolvidos. Muitos produtores de alimentos usam o Food Liability Insurance Program (FLIP) como uma política para proteger seus negócios, mas a NICK (Network for Incubator and Commissary Kitchens) e os membros relataram que suas instalações foram recusadas por vários motivos, incluindo a oferta de acesso 24 horas por dia, 7 dias por semana, permitindo que os membros utilizar o equipamento da cozinha e permitir que o público em geral utilize a cozinha.

Se você puder encontrar uma apólice de seguro sólida, não é preciso dizer que isso pode oferecer tranquilidade para você e seus membros. Algumas das tecnologias listadas abaixo também podem ajudar a reduzir o risco e melhorar suas chances de ser aceito em uma apólice.

Desenvolva Bons Relacionamentos Locais 

Uma maneira fácil e gratuita de adicionar uma camada extra de segurança é fazer amizade com os policiais locais e seus vizinhos. Pode ser tão simples como oferecer uma xícara de café ao vê-los e convidá-los para um passeio pelas instalações. Dessa forma, eles conhecem você e o layout e estarão mais aptos a ajudá-lo caso o pior aconteça.

A integrante do NICK , Tabitha Vandergriff, conheceu sua força policial local com ótimos resultados. Ela explica: “Desenvolvemos um relacionamento fantástico com nossa força policial na área. Nós os convidamos para sediar seu evento de engajamento comunitário Coffee with a Cop em nossas instalações. Sempre que vejo um policial no nosso estacionamento, convido-o para ‘ver o que fizemos no local’ e informo que eles são sempre bem-vindos para tomar um café”

Faça uma Análise Custo-Benefício

Dependendo do tamanho, função e orçamento de sua cozinha compartilhada, você terá diferentes necessidades de segurança. Uma análise completa de suas necessidades de segurança o ajudará a tomar decisões sobre o tipo de medidas de segurança em que investir.

Pode ser que você atualize com o tempo ou, se tiver dinheiro disponível, pode fazer mais sentido configurar seus recursos de segurança desde o início. A próxima seção aborda as principais medidas e ferramentas de segurança nas quais investir. Leve os custos e benefícios em consideração e faça sua análise.

Principais medidas de segurança e ferramentas a serem consideradas

Sistemas de entrada e rastreamento

Controlar o acesso às suas instalações é uma das partes mais importantes do seu sistema de segurança. Um sistema de rastreamento confiável é importante por dois motivos.

Primeiro, para acompanhar quanto seus inquilinos estão usando a cozinha para que você possa cobrá-los com precisão. Ele atua como uma verificação de responsabilidade de backup para que, se eles ultrapassarem o horário programado ou houver outros problemas ou disputas, você tenha dados sólidos para resolvê-los. 

Em segundo lugar, no caso de uma emergência, como um incêndio, inundação ou arrombamento, você sabe quem estava dentro do prédio no momento, o que é importante por razões de segurança e proteção.

Os sistemas de entrada e rastreamento podem ser tão simples quanto entregar as chaves e ter um livro de visitas na porta ou podem envolver chaveiros, sistemas de cartão magnético ou fechaduras de entrada com código. 

Se você realmente quer investir na segurança de sua cozinha compartilhada, considere as fechaduras inteligentes. Esses sistemas são mais caros, mas oferecem uma série de benefícios para aliviar o estresse da segurança.

Uma das melhores opções, RemoteLock , oferece uma plataforma de gerenciamento de bloqueio inteligente baseada em nuvem que permite monitorar e controlar seu sistema de segurança remotamente e enviar alertas de segurança e notificações de acesso para mantê-lo atualizado em movimento. Na verdade, fizemos uma parceria com a RemoteLock para oferecer um desconto exclusivo. Entre em contato com Sarah Schwieger ( sschwieger@remotelock.com ) e diga a eles que o Téo lhe enviou um desconto ou use “TFC50” para obter o desconto de $50! 

Câmeras de vigilância

As câmeras são um dos melhores investimentos em segurança que você pode fazer. Um sistema de CFTV não é mais o grande gasto que costumava ser, embora ainda seja um investimento significativo. Avalie se você precisa de uma única câmera no ponto de entrada, câmeras externas ao redor do perímetro ou um conjunto completo de câmeras internas e externas.

As câmeras externas não apenas impedirão a atividade criminosa, mas também fornecerão um registro de quem está usando a cozinha para fazer backup de seu rastreamento de tempo e faturamento. As câmeras internas ajudam a manter os inquilinos honestos, além de tranquilizá-los de que você está levando a segurança a sério.

Além de atuar como um forte impedimento e todos os outros benefícios, um sistema de vigilância aumentará sua probabilidade de obter uma apólice de seguro decente.

Gaiolas/armários de travamento

Muitas cozinhas compartilhadas fornecem gaiolas com chave para os inquilinos armazenarem ingredientes e propriedades. Os melhores exemplos são as gaiolas com trava sobre rodas que funcionam como uma despensa portátil que pode ser levada facilmente para a cozinha. 

Sistema de alarme

Você pode questionar a eficácia de um sistema de alarme como um impedimento comparado ao custo relativamente alto. Os sistemas não são baratos, especialmente se estiverem ligados a serviços de emergência, mas a instalação de um sistema de alarme irá ajudá-lo a obter um melhor preço na sua apólice de seguro.

Iluminação de segurança

Um bom sistema de iluminação equipado com sensores de movimento do lado de fora da propriedade ajuda a deter os criminosos, mas também ajuda a manter seus membros seguros e protegidos. Se você permitir acesso 24 horas por dia, 7 dias por semana, é especialmente útil para aqueles que chegam às instalações tarde da noite ou no início da manhã, como padeiros, operadores de food trucks ou fornecedores externos. 

As principais áreas a serem bem iluminadas são os principais pontos de entrada e saída, áreas de descarte de resíduos, baias de entrega e estacionamentos. Em qualquer lugar onde a segurança seja uma preocupação e onde mercadorias e pessoas possam entrar e sair a qualquer hora.

Espere o melhor, prepare-se para o pior 

A segurança é um investimento sem glamour, mas essencial para o seu negócio. Quando algo inesperado acontecer, você ficará feliz por ter as ferramentas e os procedimentos certos para mitigar o risco para seus inquilinos e sua empresa.

Em última análise, cabe a você pesar os riscos de segurança versus os custos das ferramentas e soluções no mercado. É sempre melhor se preparar para o pior e investir o máximo que puder na segurança de suas instalações, a fim de evitar desembolsar custos muito maiores no futuro, caso o pior aconteça. Como diz o velho ditado: “Um ponto a tempo, economiza nove”.

===============================================

Eu posso te ajudar, vamos nos falar melhor como performar melhor o seu estabelecimento?

Vamos nos falar…. será um prazer ajudar.

  • Marketing do Seu Negócio
  • Redução de Custos com Fornecedores
  • Softwares ERP / PDV / Força de Vendas