Téo Costa Posted on 20:34

CONCEITO DE ECONOMIA

Antes de nos aprofundarmos nos fundamentos da economia, é importante que você saiba de onde se
origina a palavra: ela deriva do grego OIKONOMIA (de Óikos, casa, nómos, lei), que significa a administração de uma casa, ou de uma coisa pública ou
de um estado.
Em economia, estudamos as maneiras pelas quais
os diferentes tipos de sistemas econômicos administram seus limitados recursos com finalidade de
produzir bens e serviços, objetivando satisfazer as
ilimitadas necessidades humanas. Com isso, se o
objetivo é atender, ao máximo, as necessidades da
população e se os recursos são limitados, então a
administração desses recursos tem de ser feita de
maneira cuidadosa, econômica, racional e eficiente,
ou seja, temos que economizar ou – o que é mais
comum ouvir na atualidade – temos que otimizar
os recursos.
Dessa forma, quando falamos que uma pessoa é econômica, queremos dizer que é cautelosa ou cuidadosa no gasto do dinheiro, ou na utilização de recursos,
o que nos permite afirmar que essa pessoa é bem
conservadora na administração dos seus recursos.
Assim, podemos definir a economia como a ciência
social que estuda como os indivíduos decidem como empregar recursos escassos e que
poderiam utilizá-lo de forma alternativa, na produção
de bens e serviços, de modo a distribuí-los entre as
várias pessoas ou grupos da sociedade, a fim de
satisfazer as necessidades humanas.
Dessa forma, a ciência econômica deve oferecer
soluções, ainda que em partes, sobre:
• Escassez de recursos
• Custo de oportunidade
• Alocação de recursos
• O que é inflação?
• Os motivos da disparidade na distribuição de renda
• Qual o papel do governo no bem-estar da
população?
• O que ocorre com o emprego e desemprego?
• Como se definem os preços?
• O que determina a existência de relações econômicas internacionais?

Deixe uma resposta