Definição de Domínio: www.dominio.com.br

Um domínio é um endereço eletrônico que contém caracteres alfanúmericos (letras e números)
que informam o endereço eletrônico, seguido da sua área de atuação, juntamente com a sua
nacionalidade, geralmente, iniciando por www.

Exemplo:
www.teo.com.br
www – word wide web (rede mundial de computadores)
cruzeirodosul – nome eletrônico do portal
edu – área de atuação educacional
br – domínio de nacionalidade brasileira
Abaixo alguns exemplos de áreas de atuação:
.com.br – comercial
.ind.br – industrial
.edu.br – educacional
.net.br – uma opção ao .com.br
.blog.br – blogs
.flog.br – websites cujo conteúdo são imagens
.vlog.br – websites cujo conteúdo são vídeos

 

Para domínios estrangeiros – diferentemente dos brasileiros, que contêm apenas um portal –
há vários portais de gerenciamento de domínios e os principais são:

Namecheap www.namecheap.com
GoDaddy www.godaddy.com
Dynadot www.dynadot.com
DOMAIN www.domain.com

Nos domínios estrangeiros, principalmente dos Estados Unidos, os domínios são terminados
sem indicar a nacionalidade.

Exemplo
:
www.nasa.gov
www – word wide web (rede mundial de computadores)
nasa – nome eletrônico do portal
gov – área de atuação: pesquisa governamental sobre exploração espacial.

Principais formas de endereçamento e ancoras

1. URL– Uniform Resource Locator ou Localizador Padrão de Recursos – não,
necessariamente, são domínios de internet; geralmente são endereços de algum recurso do
sistema que disponibilizam arquivos, impressoras e outros recursos.
Exemplo : http://ftp.ubuntu.com/ubuntu/ (Disponibiliza o S.O. Linux Ubuntu)

2. IP-Internet Protocol ou Protocolo de Internet – são endereços numéricos que identificam
um recurso, dispositivo ou domínio. Exemplo: 74.125.229.183 – até a data da realização
deste material, é equivalente ao dominio www.google.com.br; ou seja, sabendo o endereço
IP, não é preciso, necessariamente, digitar o endereço do portal, porém é óbvio que é muito
mais fácil memorizar palavras do que números. Naquele caso seria como chamar as pessoas
pelo CPF em vez de pelo primeiro nome.

3. Http (Hypertext Transfer Protocol ou Protocolo de Transferência de Hipertexto) request
e response. Na Web, quando o usuário solicita uma página web, ao digitar o endereço
eletrônico, o solicitante faz um http request; nos Servidores DNS´s, ao localizar o servidor
solicitado, o Servidor DNS entrega ao solicitante o http response, ou seja, a página Html
(HyperText Markup Language ou Linguagem de Marcação de Hipertexto) ou serviço web na
porta HTTP do computador solicitante, juntamente com o endereço IP do servidor solicitado.

4. DNS – Domain Name Sistem ou Sistema de Nomes e Domínios. Lendo acima sobre
IP, vemos que é a forma numérica de um endereço eletrônico. O DNS, a grosso modo, é
uma “lista” que “liga” o endereço IP ao endereço eletrônico. A título de exemplo, imagine a
seguinte situação: uma lista telefônica gigante que contém o nome completo do indivíduo e seu
respectivo número de telefone; porém a ordem de apresentação do nome, na lista telefônica,
começa pelo último nome, depois aparece seu nome do meio e depois seu primeiro nome,
ao lado do seu número de telefone. Na web funciona, mais ou menos, da mesma forma;
quando se digita www.teo.com.br, é feita uma verificação de trás para frente, como
mostrado na Figura abaixo:
(1º) identifica que o endereço eletrônico pertence ao país Brasil,
(2º) após essa identificação, faz busca “na lista das áreas de atuação” educacionais,
(3º) em seguida, localiza o primeiro nome ou nome da Instituição,
(4º) aponta o endereço IP desse domínio.
(5º) e leva o usuário que digitou o endereço do portal para o serviço da HTTP camada
TCP (veja a Figura na página 11),que fica localizado na porta 80, do host do portal www.
cruzeirodosul.edu.br, á página padrão da Internet, a primeira a ser enviada ao solicitante
(usuário) caso digite apenas o endereço eletrônico (sem / depois do .br, exemplo: www.
teo.com.br/teste.hml) sem o index.htm, seguido das extensãoes html, php, jsp,
aspx. O nome index vem de indexação, ou seja, uma espécie de padrão universal para menu,
sumário ou índice, que, porém, pode ser configurado no servidor.

5. Link – Diminutivo de Hiperlink ou Hiperligação – são, geralmente, apontamentos ou
âncoras para outros domínios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code