Plano de Marketing VS Plano de Negócios

O marketing e a Administração possuem planos independentes. No marketing, o foco é o Plano de Marketing e, na Administração, foco é o Plano de Negócio, porém o Plano de Marketing é um capítulo do Plano de Negócio da empresa. O Plano de Negócio e o Plano de Marketing constituem uma documentação que todos devem seguir dentro da empresa.

O Plano de Negócio é o plano que contém informações empresariais que documentam, de forma descritiva, onde a empresa e seus setores se encontram e aonde pretendem chegar, traçando tanto objetivos internos como externos. Seus principais pontos são:

O que é a empresa? Onde ela está ? Aonde e como quer chegar?

Esta ferramenta da Administração tem por objetivo fundamental ajudar na gestão e no planejamento de uma empresa, sendo um dos principais documentos requeridos para empréstimo bancário, financiamento e investimento.

Para saber mais sobre o Plano de Negócio, acesse a Biblioteca do Sebrae: http://www.biblioteca.sebrae.com.br/bds/bds.nsf/797332C6209B4B1283257368006F F4BA/$File/NT000361B2.pdf

 

O Plano de Marketing contém os objetivos e estabelece estratégias de marketing para alcançá-los. Este documento interativo é uma forma de guia ou de instruções para os envolvidos, tendo em vista a satisfação do cliente e lucratividade para a empresa.

Quadro: Conteúdo de um Plano de Marketing, segundo Kotler e Armstrong.

Seção  –> Propósitos

Resumo executivo  –> Apresenta uma breve visão do plano proposto para ser examinado rapidamente pela direção.

Situação corrente do marketing –> Apresenta dados relevantes sobre o mercado, produto, concorrência e distribuição.

Análise das ameaças e oportunidades  –> Identifica as principais ameaças e oportunidades que podem causar impacto no produto.

Objetivos e questões  –> Define os objetivos da empresa para o produto nas áreas de venda, participação no mercado e lucro, e as questões que afetarão esses objetivos.

Estratégia de marketing  –> Apresenta a ampla abordagem de marketing que será usada para os objetivos do plano serem atingidos. Programas de ação Especifica o que será feito, quem fará, quando será feito e quanto custará.

Orçamentos  –> Uma projeção de lucros e perdas, prevendo os resultados financeiros esperados do plano.

Controles  –> Indica como a execução do plano será acompanhada de perto. Fonte: Kotler e Armstrong (2000, p.31)

Desenvolver o plano de marketing: Lambim

Uma maneira de desenvolver o plano de marketing seria, segundo Lambim (2000), respondendo a estas questões:

1. Qual é o mercado de referência e qual a missão estratégica da empresa no mercado?

2. Nesse mercado de referência, qual a diversidade nos produtos/mercados e quais os posicionamentos possíveis de serem adotados?

3. Quais os atrativos intrínsecos dos produtos/mercados e quais são as ameaças e as oportunidades do ambiente?

4. Para cada produto/mercado, quais são os trunfos da empresa, suas forças e fraquezas e o tipo de vantagem competitiva possuída?

5. Qual a estratégia de cobertura de mercado e de desenvolvimento a ser adotada e qual o nível de ambição estratégica definida para os produtos / mercados que fazem parte da oferta da empresa?

6. Como traduzir os objetivos estratégicos definidos pela empresa para cada item do composto de marketing (produto, preço, distribuição e comunicação)?

(Lambim, 2000, apud Giraldi e Copamar, 2005, p.45).

 

Após o (1) planejamento do Plano de Marketing, as próximas etapas são (2) Implementação do Plano de Marketing, que, segundo Kotler e Armstrong (2000, p.36), “é o processo que transforma estratégias de marketing em ações” e (3) Avaliação e Controle, que envolve o monitoramento, avaliação, auditoria dos resultados em curto e longo prazo, focando as metas do planejamento.

Através do Plano de Marketing, podemos definir com mais clareza os consumidores, linhas de produtos que podem ser oferecidas e formas de fidelizar o cliente. A forma de Plano de Marketing de Kloter e Armstrong é muito similar a várias outras da literatura. Embora as questões de Lambim pareçam ser mais simples, elas se encontram dentro das sugestões de Kotler e Armstrong.

 

Para saber mais sobre o Plano de Marketing, acesse a Biblioteca do Sebrae. Possuem exemplos de uso os seguintes sites:
Plano de Marketing.
Biblioteca Digital.